Início » Elementos - traço de nanopartículas em hortifruticultura

Elementos - traço de nanopartículas em hortifruticultura

“Os elemento - traço são considerados contaminantes tóxicos, pois esses compostos químicos não são biodegradáveis, e possuem características de bioacumulação em organismos de toda a cadeia alimentar até mesmo para o homem.”

Para a composição de um padrão de alimentação saudável, é indispensável o consumo de frutas e hortaliças na dieta. 

Esses alimentos são constituídos de vitaminas, fibras, minerais e outros compostos bioativos de baixa densidade energética e que são essenciais para a manutenção da saúde e do peso corporal.

Com a crescente procura por hábitos alimentares mais saudáveis, o consumo de alimentos in natura, se torna cada vez maior, acarretando em uma demanda maior da produção agrícola. 

Consequentemente, para garantir grandes volumes de produção, geralmente recorre-se ao uso de fertilizantes.

Os quais melhoram o crescimento e desenvolvimento das plantas devido sua composição rica em macronutrientes e micronutrientes essenciais

Todavia, quando utilizado em altas quantidades, podem contribuir para a contaminação dos alimentos.

Principalmente, através da presença de metais considerados potencialmente tóxicos.

Saiba mais em: Uso de tecnologias para o aumento de produtividade na agricultura

Como os elementos- traço aumentam no meio ambiente?

De acordo com a IUPAC (2002), os elementos- traço são metais encontrados em baixa concentração, de caráter μg/g como por exemplo em: solos, plantas e águas subterrâneas. 

O intemperismo, atividade vulcânica, queima de florestas e a atividade biogênica, são as principais fontes naturais dos elementos- traço.

No entanto, hoje, há uma grande contribuição das atividades antrópicas, uma vez que as atividades humanas geram inúmeros subprodutos.

Diariamente no setor produtivo, aumenta significativamente a concentração destes contaminantes, agravando as formas de poluição ambiental. 

Leia mais em: Uso de nanopartículas como inibidores de etileno pré-colheita

Nanotecnologia e a diminuição de elementos- traço

Leia mais em: Nanopartículas em frutos: Conheça os benefícios

Os elementos- traços são considerados contaminantes tóxicos, pois esses compostos químicos não são biodegradáveis.

Possuem a característica de bioacumulação em organismos de toda a cadeia alimentar até mesmo ao homem.

A nanotecnologia Revella Agritech, estabilizada com poliflavonóides, é capaz  de agregar a conservação das características essenciais dos insumos agrícolas, através da sinergia dos ativos.

Além de diferenciais que auxiliam as plantas a se tornarem menos suscetíveis às ações abióticas recorrentes no cultivo. 

Com a preocupação gerada em relação aos resíduos e acúmulos, a Revella realizou a determinação e quantificação da nanotecnologia.

Através da técnica ICP-MS, a qual é capaz de atingir limites de detecção ao nível de parte por trilhão, não foram detectados elementos- traço nas estruturas vegetais de diferentes indivíduos de hortaliças tratadas com fertilizantes foliares aditivados com a nanotecnologia, se tornando um produto com uso seguro para o setor alimentício.

Saiba mais sobre: Revella Agritech e Biosul Fertilizantes: Tecnologia em aditivos que inovou no mercado de fertilizantes

Por que você deveria utilizar a tecnologia Revella? 

Quais os benefícios da Revella para sua indústria?

O mercado global de alimentos e bebidas orgânicos, deverá atingir 496 bilhões de dólares em 2027, o que representa um crescimento anual de 14%. O segmento de frutas e hortaliças é um dos segmentos que mais deverá crescer (taxa anual de 14,7%) (Global Industry Analysts, 2021). 

Segundo pesquisa feita pela Associação de Promoção dos Orgânicos (Organis), o consumo de produtos orgânicos no Brasil cresceu 44,5% de março a outubro de 2020.

Além disso, o Brasil é o terceiro maior produtor mundial de frutas, com cerca de 45 milhões de toneladas ao ano. Fonte:  (CEPEA-Esalq/USP) 

As formulações da Revella potencializam os resultados à campo, têm eficiência comprovada em aplicações feitas em todas as etapas do plantio.

São aditivos referência no mercado, pois auxiliam na manutenção e proteção da planta contra ações de patógenos e sem deixar elementos- traço.

Preserva as estruturas morfológicas das plantas e frutas devido a baixa concentração de ativo, sendo de grande importância para esse mercado nacional e global.

Baixe o e-book: Tecnologias no tratamento foliar

Gostou do post? 

Então deixe seu comentário e não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais!

Acesse mais conteúdos exclusivos inscrevendo-se no nosso canal do YouTube, acompanhando nosso blog e seguindo a Revella Agritech no LinkedIn, Facebook e Instagram.

vivian.antunes@tnsnano.com

Artigos Relacionados

A Revella desenvolve soluções à base de nanotecnologia. Com uma g...
Os elementos- traço são considerados contaminantes tóxicos ao meio....
O desenvolvimento e o aumento da produtividade aquícola demandam te...
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram