Início » Revella®: Rápida detecção de Salmonella na cadeia de proteínas

Revella®: Rápida detecção de Salmonella na cadeia de proteínas

Diariamente, milhares de análises de presença e ausência de Salmonella são realizadas em todo o mundo. Seja para controle ambiental de granjas, para controle de produto acabado ou até mesmo para controle de recepção de matéria-prima, como leite e soja.

Diante de um mundo cada vez mais dinâmico, o tempo é um fator crucial! A tecnologia Revella se apresenta como uma opção segura, econômica e ágil para que indústrias não fiquem travadas à espera de resultados de rotina. 

Introdução

A indústria agropecuária no Brasil movimenta cerca de oito bilhões de dólares ao ano, o que corresponde a quase 23% do PIB nacional. Neste setor, a indústria de aves e suínos possui grande expressividade. 

Em 2021, foram mais de 14,329 milhões de toneladas de carne de frango produzidas (3º lugar no ranking mundial), e 4,701 milhões de toneladas de carne suína (4° lugar no ranking mundial). Deste total, cerca de 7 milhões de toneladas de carne foram exportadas, entre frangos e suínos, segundo os dados fornecidos pela ABPA.

Ao abordarmos também o mercado de farelo soja, temos duas excelentes perspectivas: o mundo não para de aumentar a demanda e o Brasil segue sendo o país líder na produção. 

Para 2023, a colheita de grãos deve crescer cerca de 0,17% e bater um novo recorde de produtividade, ou seja, 395,37 milhões de toneladas, de acordo com USDA.

Dessa forma, não podemos apenas aumentar a capacidade produtiva, mas também assegurar a qualidade na entrega da soja. Laudos para comprovação de não contaminação por Salmonella são importantes, e aqui, a tecnologia Revella se encaixa com maestria.

Salmonella: Todo o cuidado ainda é pouco

Mesmo o mundo tendo tanta preocupação e zelo de forma a evitar este microrganismo tão pequeno e tão cruel, ainda estamos diariamente suscetíveis a ter lotes e lotes de produtos contaminados.

Não é anormal encontrarmos notícias de produtos contaminados sendo retirados das prateleiras de supermercados, ou até mesmo de famílias ou empresas inteiras estarem visitando hospitais devido aos sintomas de uma contaminação bacteriana por Salmonella.

Atualmente, a indústria de proteína, seja animal ou vegetal, ainda está suscetível à contaminação por bactérias, como as do gênero Salmonella

Esse patógeno é responsável por inúmeros sintomas de indisposição para o ser humano, e até mesmo mortalidade se não tratada a tempo. 

Leia mais: Controle da qualidade microbiológica em indústrias alimentícias 

Século XXI com metodologias de identificação do século passado 

Um dificultador para as indústrias é que as análises de controle de qualidade microbiológicas, em especial a detecção de Salmonella, são altamente dispendiosas e demoradas, podendo levar até 7 dias o processo de detecção de contaminação bacteriana. 

Assim, para a contenção desses contaminantes na cadeia de produção, é imprescindível a ação rápida e assertividade no resultado. 

O Revella tem a função de detectar a presença de Salmonella em amostras da indústria de proteínas. A solução reveladora combina nanopartículas a moléculas de DNA, as quais atuam como ligantes entre o patógeno e as nanopartículas. 

A utilização das nanopartículas permite uma detecção colorimétrica puramente visual, enquanto as moléculas de DNA garantem alta especificidade, além de acelerar a obtenção dos resultados. 

Vantagens e aplicações em diferentes indústrias

Neste contexto, o Revella objetiva: 

- Reduzir o tempo de detecção de patógenos; 

- Aumentar a produtividade na rotina de laboratório; 

- Diminuir o desperdício de materiais para análise microbiológica;

- Reduzir os custos de análise.

A tecnologia Revella possui grande potencial de contribuir no setor agropecuário ampliando a segurança no controle de bactérias através da rapidez e especificidade na detecção de Salmonella. Além disso, possibilita uma diminuição significativa de desperdícios através da redução no volume de descarte de material biológico gerado no processo usual. 

Os cases de sucesso são inúmeros, seja para controle de entrada de matérias-primas, como, farelo de soja, leite, ou mesmo proteína animal, até para teste de produto final, sendo alimento ou outras matérias-primas de controle.

É importante ressaltar que a validação do método é totalmente acompanhada pelo time de agrônomos e especialistas da Revella Agritech. 

Com isso, uma varredura na indústria é realizada de modo a garantir a sanidade da unidade, desde análises de campo até o produto final.

Leia mais: Nanotecnologia no setor agro: como a Revella influencia o segmento

Morfologia e funcionamento do kit Revella

É normal nos depararmos com questionamentos sobre a preocupação com custos e complexidade de análises que envolvam nano e biotecnologia.

Aqui está um dos grandes diferenciais da Revella! Por ser um sensor totalmente focado no resultado colorimétrico químico, não existe a necessidade de equipamentos, alterações de rotinas de laboratórios ou pessoal altamente capacitado.

Diferente de outros kits disponíveis no mercado, onde equipamentos de centenas de milhares de dólares são demandados, a utilização da tecnologia Revella precisa apenas das boas práticas de laboratório, além de um controle de origem convencional de cada amostra. Dessa maneira, o uso do kit é incorporado diretamente na cadeia de análise usual, sem agregar retrabalho na rotina do laboratório.

De acordo com a concentração de Salmonella detectada, a partir de duas horas o resultado visual já é revelado, e o registro de informações pode ser realizado para liberação, ou não, das amostras testadas.

Conclusão

Certamente, se você atua na cadeia que possui ação direta com bactérias, já teve interesse em saber mais detalhes sobre o kit Revella. 

Convidamos você a conversar com nosso time de especialistas e solicitar uma demonstração do kit. 

Dentro de semanas, teremos sua unidade mapeada em relação à presença e ausência de forma segura para que você foque no que realmente importa, sua produção.

Gostou do post?

Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais! Acesse mais conteúdos exclusivos inscrevendo-se no nosso canal do YouTube, acompanhando nosso blog e seguindo o Revella no LinkedInFacebook e Instagram.

vivian.antunes@tnsnano.com

Artigos Relacionados

Como o uso das novas tecnologias aplicadas para o agronegócio podem...
Diante de grandes oportunidades, os produtos biológicos no agronegó...
“Muitas pesquisas com nanotecnologia no setor agro estão focadas na...
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram